Tipos de Piscina

Se você possui o desejo de equipar ou construir uma casa com piscina, de certeza que sabe que existem várias opções e tipos de piscina por onde escolher.

Neste artigo vamos analisar cada uma delas para você perceber qual é a melhor opção para o seu caso.

Sem dúvida, que cada caso é um caso, e o que irá definir a sua escolha final é a relação e junção de uma série de fatores, entre os quais a área, o tamanho, a quantidade de pessoas que a irá utilizar, e sobretudo o seu orçamento para a construção da piscina.

piscina2

 

 Definir o que precisa

Tal como você provavelmente já sabe, cada tipo de piscina possui os seus pontos positivos e os seus pontos negativos. Assim sendo, a sua primeira tarefa é definir exatamente o que pretende, deverá ter em conta os seguintes fatores:

  •  Tamanho: A primeira coisa na qual você terá que pensar é o número de pessoas que normalmente irá utilizar a sua futura piscina. Não se limite a ter em conta os membros da sua família, pois existe sempre a probabilidade de existirem novos filhos, que futuramente irão querer trazer para lá os seus amigos. Tenha em conta também os seus amigos que poderão futuramente também ir para a piscina. Claramente que uma das piores coisas que pode fazer é construir uma piscina demasiado pequena, porque depois aumentá-la será uma tarefa muito complicada.
  • Área disponível: Defina a área onde pretende construir a piscina, é preciso saber se tem espaço para ela.
  • Orçamento: Como irá ver a seguir, cada tipo de piscina tem os seus custos de construção, ainda que a manutenção de cada uma delas não tenha grandes diferenças. No entanto nunca se esqueça que a construção de uma piscina também requer acessórios e outros componentes que farão parte da estrutura como por exemplo a bomba, o motor, o filtro, um eventual sistema de aquecimento e acessórios adicionais como escadas, escorregas, sistemas de iluminação, entre outros.

Tipos de piscinas

Depois de definir estes parâmetros, deverá analisar cada tipo de piscina:

  •  Piscinas de Betão: Não haja qualquer dúvida que este é o tipo de mais comum dentro das piscinas enterradas, ainda que seja uma das mais dispendiosas. Tal como o nome indica estas são construídas a partir de betão armado, e após isso são revestidas com uma material mais impermeável, tal como gesso ou azulejo. A grande vantagem destas é que são bastante personalizáveis, adaptando-se facilmente a qualquer terreno. Para além disso a durabilidade do material das piscinas de betão é bastante superior ao das restantes.
  • Piscinas de Fibra de Vidro: Este é o tipo de piscinas que menos tempo levam a instalar, e para além disso, são sem dúvida alguma as mais baratas. No entanto, o motivo que oferece estas vantagens é uma grande desvantagem, estas piscinas são feitas a partir de módulos pré-fabricadas, e por isso, a sua escolha está diretamente limitada à oferta existente. Por outras palavras, você é livre de escolher o formato que deseja, a partir do catálogo do fornecedor.
  • Piscinas de Superfície: Um dos grandes problemas que os tipos de piscina anteriormente mencionados apresentam é a escavação, que é totalmente obrigatória. No entanto, nas piscinas de superfície isso não é necessário. Estas piscinas são uma alternativa bastante prática. Não é necessário recorrer a obras complexas e trabalhosas. Estas piscinas podem ser dos mais variados tipos, incluindo os já referidos painéis ou fibra de vidro.


Na Categoria Piscinas de Betão Piscinas de Vinil Piscinas Fibra Piscinas Insufláveis

Com as Etiquetas ,

Deixe o seu comentário


CommentLuv badge