Sal para Piscina

Um modo dos menos conhecidos que existem para tratar das bactérias de piscina é o se utilizar sal para piscina.

Sal para Piscina

O princípio por trás do sal para piscinas é o sistema da eletrólise do sal, que transforma as partícula de sal num esterilizante eliminador de bactérias, algas, parasitas e de todos os organismos prejudiciais à qualidade da água.

Com a ação do sol, o esterilizante volta a trasformar-se em sal, fazendo com que o ciclo se reinicie e que o sal não necessite de constante reposição.

Esta transformação do sal para piscina faz-se através de um elétrodo composto por placas de titânio, cuja produção pode ser doseada de acordo com as necessidades e condicionantes de cada piscina.

A quantidade de sal para piscina que é diluída na água é de 5kg por cada 1000 litros de água, pelo que é sete vezes inferior à quantidade de sal existente no mar.

Aparelhos de sal para piscina

Os aparelhos de sal para piscina podem ser instalados em qualquer sistema de filtragem, sendo apenas necessária a instalação de um vaso em PVC translúcido onde o elétrodo é colocado.

No caso da utilização de sal para piscina, as recargas são apenas efetuadas no início da época para compensar a descida do nível causada pelas perdas de água resultantes da utilização que se faz da piscina. É um aparelho que consome pouca energia, semelhante ao que uma lâmpada gasta.

Aparelhos de sal para piscina

Neste uso de sal para piscina, a quantidade de desinfetante está perfeitamente controlada, além de que também é evitado o cheiro a cloro. Deste modo, os banhos mais prolongados deixam de ser um problema, pois a água já não é irritante para a pele e olhos.

Não obstante, com a utilização de sal para piscina, deixa de ser necessário o armazenamento de produtos químicos.

Tratamento da água da piscina

Com inspiração na própria natureza, nos sistemas de eletrólise salina, o sal para piscina necessário é de 4 a 6 gramas por cada litro de água, sendo similar ao soro fisiológico ou à própria lágrima humana.

Com este tipo de tratamento da água, basta colocar o sal na água e controlar o pH da água. Em todo o caso, a utilização de sal para piscina é um tratamento mais saudável.

A desinfecção feita através destes sistemas é mais eficiente devido à ação combinada do cloro e de outros agentes que se produzem durante a eletrólise e à própria oxidação nos elétrodos da matéria orgânica existente na água.

O optar pelo sistema que utilizada sal para piscina é uma escolha mais económica. A eletrólise salina só precisa de sal comum para funcionar, que pode ser comprado em qualquer área comercial alimentar.

Também já não haverá lugar às irritações de olhos e cheiro devido ao cloro, pois as cloraminas que dão origem a estes efeitos são destruídas. Apenas se irá notar um leve sabor a sal. De qualquer forma a água estará desinfetada e todos estarão protegidos de germes.

Nos sistema de tratamento da água com sal para piscina não é necessário armazenar, manipular nem dosear nenhum composto químico clorado. Este é um sistem amuito seguro, pois funciona com uma voltagem máxima de 9V, igual ao de um apilha comum.

Como as pessoas estão a chegar aqui:

  • SAL para piscinas


Na Categoria Acessórios de piscinas Manutenção de Piscinas

Com as Etiquetas , ,

1 Comentário até ao momento.

  1. Quanto custa o kit e quais as dimensões para adaptar o sal para a piscina?

Deixe o seu comentário


CommentLuv badge