Piscinas Municipais

As piscinas municipais devem ser espaços de lazer com o qual o munícipe possa estabelecer uma relação de aproximação, tornando-se num pólo dinamizador de atividade física aquática para todos, miúdos e graúdos.

Assim, os serviços prestados pelas piscinas municipais pretendem criar, desenvolver e dinamizar ações e projetos que levem a que todos os habitantes do respetivo concelho a uma regular prática da atividade aquática em perspectivas de saúde e bem-estar.

Piscinas Municipais

A utilização das piscinas municipais têm quatro grandes objetivos: o satisfazer das necessidades educativas e formativas da população jovem; promoção da ocupação dos tempos livres da população em geral; responder às necessidades de manutenção da saúde e bem-estar, tal como contribuir para a prática desportiva especializada.

Quer tudo isto dizer que as piscinas municipais são úteis não apenas para a aprendizagem de atividades aquáticas, mas também para as aperfeiçoar, manter e mesmo apenas praticar.

Piscinas Municipais

Em regra, as piscinas municipais fazem parte de um Parque de Desporto e Lazer das autarquias, e são cobertas. Permitem que seja disponibilizado um espaço para que todos os munícipes possam praticar as atividades aquáticas, aliando a prática desportiva às vertentes de lazer e tempos livres.

As piscinas municipais respeitam o princípio da acessibilidade para todos, pois deverá ser construído com a intenção de servir todos os munícipes e providenciá-los com uma oferta de actividades adequadas às necessidades dos utentes.

De facto, a prática de actividades físicas e desportivas constitui um fator primordial na promoção da saúde e bem-estar das populações, pelo que o desporto tem vindo a se assumir como algo de prioritário nas estratégias de desenvolvimento das autarquias, tendo por objectivo a melhoria da qualidade de vida.

Parques de Desporto e Lazer

A implementação dos Parques de Desporto e Lazer estão definidos nos Planos Diretores Municipais, e constituem um importante objectivo nessa estratégia, pois visam dotar o município de um conjunto diversificado de infra-estruturas desportivas e de espaços de lazer.

As piscinas municipais podem ser aquecidas e funcionam por anos lectivos ou por épocas desportivas, compreendidas entre os meses de Setembro e Julho. Nos municípios em que existem piscinas municipais exteriores, estas encontram-se abertas ao público de Julho a Setembro.

As piscinas municipais climatizadas funcionam com base em cinco tipos de utilização, distintas nas suas actividades:

  • Escolar: constituída pelos Estabelecimentos de Ensino oficiais do respectivo Concelho;
  • Social: espaço para a prática da natação e recreação de ocupação dos tempos livres;
  • Lazer: direccionada para o público em geral e não tem professor ou monitor;
  • Aulas de Natação: utilização organizada em classes, destinando-se ao ensino da natação e outras actividades aquáticas com professor / monitor;
  • Entidades sociais: todas as entidades colectivas ou em nome individual que pretendam utilizar as piscinas municipais.

Em regra, as piscinas municipais apresentam classes de natação municipal e existem classes para todas as idades, desde Bébés, de adaptação ao meio aquático, aprendizagem e aperfeiçoamento em Natação. Com cada vez mais adeptos e curiosos, novos tipos de classes são disponibilizados pelos municípios, tais como Hidroginástia e Hidrobike.

Enfim, qualquer pessoa se poderá utilizar as piscinas municipais do seu município e inscrever-se nas classes desde que hajam vagas nos horários disponibilizados.



Na Categoria Manutenção de Piscinas

Com as Etiquetas , ,

Deixe o seu comentário


CommentLuv badge