Piscinas em alvenaria

Para quem quer construir a sua piscina, as piscinas em alvenaria são uma excelente opção. São populares pelo facto de se tratarem de uma opção entre as piscinas de concreto armado e as pré-fabricadas e devido a uma questão da relação custo – benefício.

As piscinas em alvenaria devem ser construídas em terrenos firmes, caso contrário os gastos com os reforços estruturais vão elevar o terreno em demasia. Vai ser sempre necessária a intervenção de um profissional que seja qualificado e que, assim, saiba analisar o solo e seguir todo o projeto da própria piscina.

Neste tipo de piscinas, o revestimento pode ser de pastilhas, azulejos, massa de cristal e PVC.

Também é verdade que, a nível de gastos iniciais, as piscinas em alvenaria são um pouco superiores aos métodos utilizados para as piscinas de vinil e fibra mas, por outro lado, terão uma alta durabilidade, evitando muitas dores de cabeça futuras, bem como constrangimentos, como as trocas de vinil, renovação da pintura da fibra, por exemplo.

Em regra, as piscinas de alvenaria têm um tempo de construção de 45 a 60 dias úteis, incluindo os trabalhos de durabilidade, cujos acabamentos são os mesmos que os de uma piscina de concreto armado, com os revestimentos.

Os modelos para as piscinas em alvenaria podem ser de livre escolha dos futuros proprietários, podendo ser construídas de acordo com os projetos de cada cliente, possibilitando a criação de piscinas com diversos formatos e executadas de acordo com as normas de engenharia em vigor, em qualquer formato, dimensões e tipo de terreno.

Método de construção

O método de construção das piscinas em alvenaria é realizado com paredes de blocos estruturais, com uma base em concreto com ferragem positiva e negativa, apresentando uma estrutura extremamente resistente e diminuindo a ocorrência de fissuras na impermeabilização e as indesejáveis rachas.

No fundo, o processo consiste, muito basicamente, no erguer das paredes com blocos de cimento preenchidos com cimento e ferragens. No que toca à estrutura, esta é composta por pilares travados com cintas de amarração, tudo em relação direta com as dimensões da piscina.

Quer isto dizer que o tamanho da piscina é aquilo que vai determinar o tamanho do bloco utilizado. O diferencial é que faz o cálculo, orçamento e adquire o material que vai ser utilizado na construção da piscina em alvenaria.

Em rega, as empresas de construção de piscinas, incluindo as piscinas em alvenaria, elaboram um estudo de solo e de cálculo estrutural que vai garantir a durabilidade bem como a precisão na quantificação do material necessário para construir a piscina.

Assim, há que escolher o local e marcar o desenho da piscina. Em seguida, procede-se com a escavação e construção das brocas e colunas da piscina. O passo seguinte na construção de piscinas em alvenaria (e não só) é o levantamento das paredes de alvenaria de blocos, o reboco das paredes e concretagem do fundo com a aplicação de vermiculita.

Por fim, é preciso escolher o local e marcação do desenho concretamente e revestir a piscina, o que pode ser feito, como já referido, em vinil ou azulejos. No caso da utilização de azulejos, saiba que vai necessitar de um sistema de infiltração.



Na Categoria Piscinas de Betão

Com as Etiquetas ,

Deixe o seu comentário


CommentLuv badge