Manutenção de piscinas

Para os afortunados que têm a sua própria piscina, a manutenção não tem que ser uma tarefa necessariamente difícil.

Basta saber como manter a piscina devidamente limpa e segura, pois além da higiene, esta manutenção vai permitir que dure por muito mais tempo como área de diversão para todos.

Confira algumas dicas de manutenção de piscinas.

Erros a evitar

Mas, mesmo assim, há muitos erros que as pessoas incorrem quando toca à manutenção das suas piscinas.

  • Por exemplo, não verificar o equilíbrio químico com regularidade. Saiba que isto deve ser feito duas vezes por semana no Verão e uma vez por semana no Inverno. Ao proceder a este controle, poderá fazer pequenos ajustes na composição química da água em vez de ajustes maiores com atividades químicas mais incómodas.
  • O proprietário não deverá permitir que o pH esteja acima de 8,0. Acima de 8,5 o cloro já só será ativo em 10%. Ao invés, com pH a 7,0, o cloro já estará ativo a 73% e, apenas mantendo o pH nos 7,5, o cloro vai estar entre os 50% e os 60% ativo. Quer isto dizer que manter o pH na concentração certa vai permitir o uso máximo do potencial do cloro, sem necessidade de excessos na sua manutenção.
  • Outra preocupação a ter na manutenção de piscinas é que a alcalinidade não seja mantida entre 80 – 140 ppm, pois quer seja baixa ou alta, a alcalinidade poderá afetar o bom equilíbrio da água e, em casos extremos, a própria capacidade de um desinfetante atuar devidamente.
  • Outro erro crasso na manutenção de piscinas é deixar de lado a verificação dos STD – sólidos totais dissolvidos – ou seja, a dureza de cálcio mensal. Estes são importantes fatores numa manutenção pois também poderão afetar o equilíbrio da água, o que difere do saneamento.
  • Para quem não sabe, as células corroídas ou calcificadas irão produzir muito pouco cloro, pelo que é parte de uma manutenção a limpeza das células em sistema de água salgada.
  • Quando estiver para colocar produtos químicos, nomeadamente o cloro líquido na piscina, nunca o faça durante o dia. As adições de químicos devem acontecer à noite e só depois do pôr-do-sol, pois vai conseguir melhores resultados.
  • Ao manter os azulejos limpos, vai conseguir economizar dinheiro, pois assim que ficarem calcificados, vai tornar-se como uma placa, levando muito mais tempo e especialistas na manutenção de piscinas para resolver o seu problema. Portanto, o que tem a fazer é mesmo prevenir.
  • Por outro lado, uma boa manutenção de piscinas também passa por ter as bombas em funcionamento pelo período devido. Saiba, assim, que deverá ligar as bombas uma hora por cada 10 graus de temperatura da água, isto baseando-se num sistema de circulação devido.


Na Categoria Manutenção de Piscinas

Com as Etiquetas ,

Deixe o seu comentário


CommentLuv badge