Manutenção de piscina

Para quem tem piscina, e mesmo para quem pensa ter, uma das coisas mais importantes é a manutenção da mesma. Uma piscina bem cuidada e limpa é o ideal para que todos possam gozar de belos banhos de água sem receios de contágio de bactérias ou impurezas maiores.

A manutenção de piscinas é deveras importante pois há que manter as condições de higiene e limpeza numa piscina, que em muitos casos vão para além da própria natureza da água da piscina, pelo que constantemente se introduzem variados microorganismos e bactérias, que advêm tanto dos banhistas como do meio ambiente.

 

manutencao-piscina

 

De facto, no que toca à manutenção de piscinas, a adição de produtos químicos tem como objetivo a desinfeção da água por forma a terminar com eventuais atividades microbiológicas, seja por inativação como destruição dos mesmos organismos e, desta forma, aumentar o rendimento da filtragem.

Para quem ainda não se apercebeu, a água, mesmo estando clara e transparente, poderá conter bactérias e vírus que transmitem doenças e infeções. Assim, e para os destruir, uma manutenção de piscinas é essencial. Vai ser necessária uma certa quantidade de cloro que atue sob a forma de Ácido Hipocloroso.

O que vai acontecer quando juntar cloro à água, é que uma parte é consumida de imediato, destruindo os contaminantes presentes. O restante vai permanecer como cloro residual e irá atuar contra novos agentes que se introduzam na água.

Mas a verdade é que o segredo para proceder a uma devida manutenção de piscinas, o melhor é mesmo a prevenção. Para fazer isso, há várias coisas a fazer, como manter o pH entre os 7.2 e os 7.6, colocar nos cestos dos skimmers pastilhas tricloro estabilizado (4 pastilhas por 100 m3 de água por semana) e dosear com um algicida na quantidade de meio litro por cada 100m3. Caso pretenda melhorar a eficiência dos filtros, há que colocar um floculante em cartucho no cesto dos skimmers ou mesmo no pré-filtro da eletrobomba, a cada dez dias (um cartucho para até 50 m3, dois até 100 m3 e três para 100 a 150 m3 de água). Mas poderá sempre optar por tudo num produto que combine a ação de cloro estabilizado de dissolução lenta, algicida e floculante, sobre a forma de pastilha, a já conhecida no meio como Oxidan, colocado semanalmente.

Não obstante da necessidade de proceder às operações que acabou de ler, para uma correta manutenção de piscinas também deverá estar atento à limpeza da piscina (não ter folhas nem insetos), dos acessórios (como skimmers para que a água flua o melhor possível), limpeza dos flitros (e isto sempre que a pressão no manómetro for superior a 1.3 kg/cm2 ou, no mínimo de uma vez por semana).

Seja o nível de manutenção de piscinas que pretenda manter, muita informação há-de encontrar pela internet. Mas, no que toca a limpezas e infeções, há que salientar o facto de que existem, de facto, uma série de impurezas que acabam por não ser destruídas pelo processo / sistema de desinfeção e que apenas serão eliminadas por completo aquando de uma renovação de água eficiente.



Na Categoria Manutenção de Piscinas

Com as Etiquetas ,

Deixe o seu comentário


CommentLuv badge