Como é sabido, as piscinas podem ser locais perigosos, em especial se não houver ninguém por perto para vigiar quem se aventura na água. A situação piora quando se trata de crianças ou mesmo jovens, que tropeçam e caem mais facilmente. Por isto, devemos estabelecer o maior número de procedimentos possível para que a segurança  [ Continuar a Ler ]

As piscinas conseguem ser locais perigosos, especialmente se não houver alguém por perto a vigiar quem se encontra na água. E, se estivermos a falar de crianças e jovens, ainda pior. Os tropeções e as quedas podem ser constantes num ambiente tão molhado e escorregadio. É fundamental que sejam estabelecidos vários procedimentos de segurança numa  [ Continuar a Ler ]